Sem título
Eu choro, choro muito, choro por medo de perder coisas que me apego, choro por medo de que alguém descubra o que faço comigo, choro por medo de que mais pessoas descubram que meus sorrisos são todos falsos, que meus olhos estão sempre marejados, choro por ter desfeito minha amizades pra não sofrer, choro, por ser aquela garota que tinha vários amigos, aquela garota que amava tudo, sorridente, amava vermelho, agora, eu choro, pois não sou mais a mesma, e sei que nunca serei, mudei tudo em mim. Tudo pra pior, tudo porque comecei a perceber como as coisas realmente são. Eu apenas… Choro. E eu odeio chorar.

:c

Eu daria tudo pra te ter aqui e agora. Eu entregaria um por um, todos os momentos mais sublimes que vivi ao seu lado, cada doce lembrança, cada palavra emocionada, cada toque bem cuidado, cada sensação inesperada. Eu daria tudo só pra te ter aqui de volta. Sim, são lembranças bem guardadas, mas de que me valem todas elas se não te tenho mais aqui? Você se lembra? O frio de ossos do inverno ensolarado, nós sentados no pier mergulhados na neblina do extenso lago de coqueirais; a borboleta que se aproximou em meio a um ballet soluçante e desconcertante pousando em meu ombro e me fazendo sorrir; o nado sincronizado do bando de capivaras que passavam bem perto de nós, pais na frente, filhotinhos atrás; aquele bouquet de flores do campo que me encantou em um dia qualquer, o seu braço pesado sobre meus ombros já contando as estrelas que saltavam do céu em nossa direção; todos os versos gritados que tinha mania de recitar ao me perseguir de bike ao redor do lago das capivaras, já citado aqui.. Eu daria tudo, tudo mesmo, cada cor, cada detalhe, tudo isso só pra te ter aqui. Eu só não daria minha própria vida porque sem ela não viveríamos novamente um ao lado do outro refazendo cada um desses momentos. Mas eu não posso te ter mais, e se de nada me serve tantas lembranças, de nada vale esta vida! No fim, só a mim me restou, uma caixa inteira de lembranças inúteis e de pouca serventia.
Elisa Bartlett (via oxigenio-dapalavra)
Será que ninguém, nem por um segundo, pode olhar por trás do meu sorriso e ver que estou desmoronado?
35 CORTES EM 10 MINUTOS
pattyjuli:

Desculpa sincera, desculpa sem frases decoradas, desculpa olhando nos olhos, desculpa com argumentos reais, desculpa sem tentar colocar culpa em outras pessoas, desculpa assumindo o erro por completo, enfrentando as consequências, desculpa com vontade de fazer diferente.A simples palavra “desculpa”, muda o sentido das coisas.Em uma briga, em um desentendimento, em uma palavra dita fora de hora, em uma atitude errada, a desculpa chega como salvação. Não haverá mais motivos pra continuar adiante com a zanga.A desculpa é uma tentiva de um recomeço, mostra vontade de esquecer, deixar pra trás.Não existe ser humano que fique indiferente a um pedido de desculpa.A desculpa é o balsámo da alma, não cura. Mas ajuda, alivia a dor.

pattyjuli:

Desculpa sincera, desculpa sem frases decoradas, desculpa olhando nos olhos, desculpa com argumentos reais, desculpa sem tentar colocar culpa em outras pessoas, desculpa assumindo o erro por completo, enfrentando as consequências, desculpa com vontade de fazer diferente.
A simples palavra “desculpa”, muda o sentido das coisas.
Em uma briga, em um desentendimento, em uma palavra dita fora de hora, em uma atitude errada, a desculpa chega como salvação. Não haverá mais motivos pra continuar adiante com a zanga.
A desculpa é uma tentiva de um recomeço, mostra vontade de esquecer, deixar pra trás.
Não existe ser humano que fique indiferente a um pedido de desculpa.
A desculpa é o balsámo da alma, não cura. Mas ajuda, alivia a dor.

Minha vida parece que nunca dá certo,tudo desmorona, e eu só sei chorar, não aguento mais, essa dor está me mudando meus amigos já não me reconhecem, será uma forma de me proteger da dor? ou apenas minha essência verdadeira que nem eu mesma conhecia?
É foda quando você faz algo por uma pessoa e ela não dá valor!
E de repente eu ouço aquela música, sim, a “nossa” música. Durante tempos eu evitava ouvi-la porque ela me fazia sentir dor. E agora, depois de tanto tempo, ela me trouxe lembranças, ela me fez lembrar de tantos momentos, especialmente aquele que você dizia “eu vou estar pra sempre ao lado porque eu te amo”. Acho que alguém mentiu, não é mesmo ?
Anna Raphaella (via pequena-insensivel)